"σ υทivєrsσ cσทsρirα α ทσssσ ƒαvσr
α cσทsєqüêทciα ∂σ ∂єsτiทσ é σ αмσr, ρrα sємρrє vσυ τє αмαr[...] τє αмαrєi ∂є נαทєirσ α נαทєirσ
ατé σ мυท∂σ αcαвαr."
rєƒrєsн αsк мє sυвмiτ мy ℓσvє ƒαq нυท∂ℓєє
cαℓмα ทα αℓмα
To começando a ficar igual a vida, sem sentindo.
Jéh Alves.      (via pensamentos-antigos)
Ela sabe dar conselhos para todo mundo, menos para ela. Ela sabe tirar as lágrimas dos outros, menos as lágrimas dela. Ela sabe cuidar de todos, menos dela. Ela sabe curar a dor dos outros, menos a dor dela.
Preciso admitir, sou muito irônica, e grossa às vezes, um pouco meiga de vez em quando. Gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. E meu lado safado chega a me assustar. Protetora e ciumenta ao extremo. Tenho um gênio difícil e um temperamento forte. Às vezes sou barraqueira, outras, calma até demais. Dura como uma pedra e frágil como um vidro. Um poço de orgulho, e mais conhecida como a rainha do drama, essa sou eu. E sabe o que mais me assusta? Ainda tem gente que gosta.
Tati Bernardi.  (via pensamentos-antigos)
Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade.
Caio Fernando Abreu.   (via pensamentos-antigos)
Sempre que me perguntavam como eu gostaria de ser lembrado, respondia: com um sorriso.
Paul McCartney.    (via romantizar)

#now #beautiful #sky #instalike #likeforlike #l4l #love

Que céu lindo vei! #now #sky #beautiful #likeforlike #l4l

Talvez era pra ser assim mesmo, sem você, sem eu, sem nós.
O menino Charlie. (via poetizadora)
Para com essa história. Não adianta observar, querer me decifrar. O que eu sou ninguém consegue entender, nem de primeira descrever. Além do mais para ser sincero, acredito que ninguém realmente me saiba, me conheça. Sou o que sou, sem que você precise saber quem sou.
— Dois tons de amor. (via doistonsdeamor)
Eu tentei ser uma pessoa melhor, juro que tentei. Pensei que estava trilhando o caminho errado, andando pra direção errada, me sentindo cada vez mais errada. Virada de cabeça pra baixo, como uma peça que não se encaixa no quebra-cabeças do mundo. Tentei, de verdade, trabalhar com esse meu lado meio bipolar de ser. Emoções a flor da pele não é uma característica fácil de lidar. É um saco querer chorar, sorrir, bater, abraçar, ninar e gritar ao mesmo tempo. É estranho contar piadas na frente de todo mundo e, der repente, se isolar porque o lado triste de ser pesa sem hora marcada. Não tem jeito, não há solução, não existe macumba ou algo do gênero: eu serei pra sempre essa grossa, arrogante, estúpida, ignorante e bruta. A minha sinceridade exagerada dói na maioria das vezes, eu sei, mas o que me resta a fazer? Se eu fosse meiga, delicada, fresca, cheia de não-me-toques, bem, a verdade seria que eu não seria eu. Descobri, depois de todos esses anos fingindo ser uma personagem que não cabe no meu papel, tentando alimentar um lado meu que nunca existiu e cultivando o que os outros esperavam de mim, acima de tudo, uma coisa: não vale a pena a gente ser o que a gente na verdade nunca foi. Aprendi a gostar dos meus defeitos, por mais que eles soem ácidos e irrevogáveis. Em algum lugar do mundo, por mais que escondido que seja, existe alguém capaz de gostar de mim assim, com cabelo molhado e shorts rasgado. O meu pior lado é o melhor lado que alguém procura em outro alguém, disso eu tenho certeza. Cansei de viver sendo mandada por um roteirista que não entende nada de bem estar, auto estima ou coisas do gênero. Esse roteirista se chama sociedade. Mas, a partir de agora, quem comanda o meu espetáculo é um diretor que me conhece melhor do que ninguém. E esse diretor tem o meu nome.
— Capitule  (via a-crescer)
Quero dias diferentes. Quero aprender a viver sem dor, sem saudade, nem lembranças, sem essas coisas. Quero esvaziar todo tipo de sofrimento e preencher-me de felicidade.
Máh Soares.  (via nobroke)
Eu sei que é difícil manter o coração aberto quando até mesmo os amigos parecem te machucar.
Guns N’ Roses  (via trechos-sonoros)
ciúmes com c de calibre 38, então se liga
Eu tenho 17 anos
mas já vivi centenas
de invernos passageiros.
Choveu em mim.
Alêh Lima.     (via pensamentos-antigos)
Já dizia um velho sábio: Se benze porque a sua felicidade vai ofender muita gente!
— Desconhecido.    (via pensamentos-antigos)

FUTURASUICIDA ©